Celulares Tecnologia

Conheça os apps com Filtro Modo Noturno

Embora os smartphones sejam grandes aliados no nosso dia-a-dia, eles também podem nos trazer malefícios se usados da forma errada ou em excesso. Para isso temos diversos recursos atualmente, sejam eles de Inteligência Artificial para nos lembrar de dar uma pausa no aparelho até um Filtro de Modo Noturno.

Embora muitos desenvolvedores já tenham aplicado esse recurso no Android desde a versão 6 Marshmallow, através das ROMs Stock, só fomos ter isso de forma oficial a partir da versão 7.1.1 Nougat nos Motorolas. A partir do iOS 12 isso também foi implementado de forma nativa nos iPhones e iPads.

Mas apesar desses aparelhos terem essa função nativamente, a grande maioria ainda não tem. É daí que entra a nossa querida Play Store. Se a palavra Night Filter for pesquisada na loja teremos uma vasta variedade de opções. Mas no caso desse artigo o app a ser analisado é o Filtro de Luz Azul – que pode ser baixado aqui.

Mas afinal, para que serve o Filtro de Luz Azul?

Conheça os apps com Filtro Modo Noturno
Nessa foto do próprio app temos uma breve explicação sobre a luz azul e seus riscos.

Como dito no início do artigo, a tecnologia tem um ponto negativo. Embora muito boa e útil, em excesso pode causar problemas como canseira na vista. É justamente aí que o Filtro de Luz Azul entra. Com ele conseguimos deixar a luz da tela do aparelho mais quente, ou seja, mais alaranjado. Com essa cor a nossa vista não cansa tanto, inclusive quando usamos no escuro.

No app temos uma explicação sobre o que é a Luz Azul e quais são os seus perigos. No “lobby” do app temos algumas configurações sobre como utilizá-lo. Temos opções para uma boa noite de sono, mais escuro, para o dia – onde o efeito de luz quente sai – e temos como personalizar do nosso jeito o filtro. Podemos deixar mais forte, mais fraco.

Enfim tome cuidado com a luz azul e não esqueça de usar o campo de comentários.

Qual Celular – Tudo sobre o mundo mobile você encontra aqui.

Sobre o autor

Tiago Rodrigues

Deixe um comentário