Celulares Curiosidades

Qual é o celular mais antigo do mundo?

Descubra qual é o celular mais antigo do mundo e saiba mais sobrea a sua história.

O telefone celular está, sem dúvida, entre as grandes inovações tecnológicas do século 20. Mas como isso começou? Qual é o celular mais antigo do mundo? Como ele era?

Com efeito, a evolução dos modelos de telefones celulares é tão acelerada que só quem viveu o período do surgimento dos primeiros celulares é capaz de saber a respeito deles.

Neste artigo você vai voltar um pouco no tempo e relembrar ou conhecer aquele que é o celular mais antigo do mundo.

A pré-história do telefone celular

Como se sabe, o surgimento do telefone é creditado a Alexander Graham Bell, no ano de 1876.

Entretanto, bem menos conhecido é o fato de que, já em 1891, houve um experimento bem sucedido de um telefone sem fio, que funcionava para distâncias de até 800 metros. De qualquer forma, essa invenção não prosperou.

Posteriormente, somente em 1967 veio a surgir de fato o conceito de telefone celular, isto é, um dispositivo que captava a voz humana e a convertia em sinais que se deslocavam em ondas até um aparelho receptor.

O criador desse dispositivo foi um engenheiro eletrônico que trabalhava na Motorola, chamado Martin Cooper. A invenção surgiu para permitir que os policiais de Chicago pudessem se comunicar sem depender do rádio que ficava em suas viaturas.

Em seguida, com o desenvolvimento do conceito, Cooper e a Motorola lançaram em 1973 o DynaTAC 8000, o protótipo do que viria a ser, anos mais tarde, o primeiro telefone celular comercializado no mundo.

O ano de 1977 é lembrado como o período em que o termo “telefone celular” passou a ser utilizado. Entretanto, o termo só apareceu oficialmente em 1984.

Aliás, a palavra “celular” foi incorporada pelo fato de que as áreas alcançadas pelas transmissões dos sinais eram divididas em células.

Por fim, em 1983 a telefonia celular entrava em operação comercial.

DynaTAC 8000x, o celular mais antigo do mundo

O primeiro modelo de telefone celular a ser comercializado foi o DynaTAC 8000x, uma evolução do protótipo lançado em 1973 pela Motorola.

O modelo chegou ao mercado pelo valor de 4 mil dólares. Considerando-se que isso foi há mais de trinta anos, esse valor corresponderia, nos dias de hoje, a algo em torno de 10 mil dólares.

O aparelho era, literalmente, um tijolo. Media 33 cm de comprimento, 4,4 cm de largura e 8,9 cm de espessura. Pesava quase 800 gramas.

Apesar de tudo, e levando-se em conta que a infraestrutura para dar cobertura à telefonia celular ainda estava se expandindo, a Motorola vendeu cerca de 300 mil unidades do DynaTAC 8000 só no ano de 1984.

E o celular mais antigo do Brasil?

A telefonia celular chegou ao Brasil alguns anos depois, em 1990. Nesse meio tempo, os aparelhos telefônicos já tinham passado por alguma evolução.

Ainda assim, o primeiro modelo de telefone celular comercializado no país custava entre 2,5 e 3,5 mil dólares e sua bateria não suportava mais que duas horas de ligações. Era o Motorola PT-550.

Por outro lado, em relação ao DynaTAC 8000, o PT-550 representava sem dúvida uma evolução.

Afinal, o PT-550 era um aparelho de “apenas” 23 cm de altura, pesava menos de 350 gramas e já vinha com agenda eletrônica e identificador de chamadas, além de ter um design bem mais moderno, que incluía um fecho para proteger o teclado.

Sobre o autor

Alberto Ishikawa

Deixe um comentário