Celulares

Xiaomi e seus aparelhos High-End. Qual o melhor?

O mercado de smartphones está enorme atualmente. Com variedades do aparelho de entrada aos top de linha ninguém mais fica sem seu device. Grandes marcas como a Samsung, Apple, LG e Motorola vendem um absurdo e principalmente nos aparelhos intermediários. Mas então temos os chineses crescendo nesse mercado. Huawei, OnePlus e Xiaomi estão dominando tudo, não só pelos preços – que são bem competitivos – mas principalmente por quebrarem o preconceito de coisas ruins da China. São todos aparelhos de respeito e muitas vezes mais interessantes do que as marcas convencionais.

Nesse artigo a marca escolhida será a Xiaomi. Falarei sobre os top de linha da marca atualmente e de quão interessante são. A lista de aparelhos top de linha dentro da Xiaomi é extensa. A diferença fica na questão dos tamanhos de tela, nas câmeras e entre outros. Para começar vamos falar do Mi 8 Pro.

Xiaomi MI8 Pro – Poder de fogo a seu dispor

High-End Xiaomi. Mi 8 Pro
Mi 8 Pro na variante transparente.

O Mi8 Pro é um dos principais aparelhos da marca. Conta com uma tela de 6.21″ com tecnologia Super Amoled e resolução 1080 x 2248 pixel. Isso garante uma excelente qualidade de imagem. Seu processador é o Snapdragon 845, com GPU Adreno 630. Esse conjunto faz com que o aparelho rode qualquer coisa sem engasgos. Para ajudar nessa tarefa temos 6gb de memória RAM e 128gb de armazenamento.

No quesito câmeras temos uma boa combinação. Câmera dupla na traseira com 12mp e abertura F 1.8 + F 2.4, respectivamente. Na frontal são 20mp com abertura de F 2.0. As câmeras contam com estabilização e zoom ótico 2x. Na parte de gravação ele aguenta até 4K 60fps na traseira e até 1080p30fps na frontal. O Mi8 Pro conta com alguns diferenciais como o sensor de impressão digital sob o display. Atualmente o aparelho pode ser encontrado por volta dos R$2750,00. Confira no Zoom.

Mi 8 – O top de linha ideal da marca chinesa

High-End Xiaomi. Mi 8
Mi 8 e suas cores

As diferenças entre os Mi8 e o Mi8 Pro são sutis. As opções de armazenamento, processador e câmeras são os mesmos. Excelente qualidade de imagem com tecnologia SUPER AMOLED e a mesma resolução do irmão mais velho.

A grande diferença entre os dois fica em alguns recursos do Mi 8 Pro. Enquanto ele conta com o sensor biométrico sob a tela, no caso do Mi8 temos o tradicional na parte traseira. Um ponto importante de escolha no caso do Mi 8 é que ele conta com uma bateria de 3400 mAh. A versão pro, no entanto tem 3000 mAh. Pelo fato de terem as mesmas especificações na tela isso pode ser um ponto interessante na hora da escolha. Nos outros quesitos nada muda e acredito que o Mi 8 seja mais interessante visto o seu preço. A diferença é de mais ou menos R$600 e fica a seu critério se vale ou não a pena pegar o “irmão maior”.

Xiaomi Pocophone F1 – O top de linha “barato” da Xiaomi

High-End Xiaomi. Pocophone F1
Pocophone F1 e suas variantes

Por fim temos um último aparelho para mencionar. Se por um lado seu processador é o Snapdragon 845, GPU Adreno 630 e 6gb de RAM seu visual é mais simples. Diferente da linha Mi que trabalha com uma carcaça mais premium e bonita aqui temos algo mais simples. O intuito da linha Pocophone é ser um monstro na hora dos games e processamento – e isso ele faz muito bem – , mas o resto é apenas ok.

A bateria é de 4000 mAh para segurar a onda dos games, além de um modo especial contra aquecimento na hora dos games. Caso você esteja atrás de um aparelho extremamente potente, mas não ligue muito para o visual do mesmo essa pode ser uma boa escolha. Ele é feito de plástico na parte traseira e sua tela é o LCD IPS – diferente dos carros chefe que usam o AMOLED.

A Xiaomi ainda tem mais alguns modelos nível top de linha, mas os principais são esses. É importante mencionar que embora essa lista foque nos high-end, os aparelhos intermediários da marca também são excelentes, principalmente pelos preços praticados devido ao que oferecem. Em caso de qualquer dúvida deixe um comentário aí embaixo.

Qual Celular – Tudo sobre o mundo mobile você encontra aqui

Sobre o autor

Tiago Rodrigues

Deixe um comentário